FAQs - Suporte técnico

Cross Segmento - TOTVS Backoffice (Linha Protheus) - SIGAFAT - Poder DE / EM Terceiro e considerações importantes

 

Dúvida
Qual o conceito e Operações adequadas ao controle automático de Poder DE / EM Terceiro no Protheus e considerações importantes como entidade, retorno simbólico e remessa de comodato.

Ambiente
Cross Segmento - TOTVS Backoffice (Linha Protheus) - SIGAFAT - Todas as versões.

Solução

O controle de Poder DE/EM terceiro no sistema Protheus consiste na gestão automática de um Saldo Físico de Produto que se encontra temporariamente nas seguintes condições:

  • Produto meu EM poder de TERCEIRO → Produto físico que me pertence mas ficará temporariamente em Poder de um Terceiro (Parceiro).
  • Produto DE TERCEIRO em meu Poder → Produto físico que pertence ao Terceiro (Parceiro) mas ficará temporariamente em meu Poder.

A gestão automática permite um controle correto dos saldos de Estoque, de modo que a organização tenha disponível a informação de que determinado saldo precisa ser retornado. Essa gestão valida ainda diversos processos que movimentam o Estoque de modo a permitir ou não essa movimentação considerando a operação DE/EM terceiro garantindo assim a integridade do Saldo.

Alguns processos em que a gestão automática do Saldo DE/EM Terceiro se faz essencial são: consignação, conserto, beneficiamento, armazenamento, empréstimo, etc. (os quais abordaremos em detalhes a seguir).

 

Considerações Importantes:

  • Entidade Cliente ou Fornecedor 
    Cadastro de Cliente OU Fornecedor é uma Classificação específica do Protheus. Para o SEFAZ ambos são considerados como ENTIDADE. Alguns processos no Protheus requerem o cadastro de uma Entidade em ambos os cadastros (Cliente e Fornecedor).

  • Retorno Simbólico
    Consiste na emissão de uma Nota para fins de ajuste dos controles internos. Não requer transmissão ao SEFAZ porém é um procedimento que o Fisco aceita.

  • Triangulação / Operação Triangular
    Consiste na Devolução de PD3 à uma Entidade diferente da que enviou (Remessa por Fulano, mas Retorno à Ciclano).
    Para habilitar é necessário acessar os parâmetros via pergunte acionando a tecla F12 dentro das rotinas: Documento de Entrada - MATA103 e Pedidos de Venda - MATA4110
  • Relacionamento entre a Nota de Remessa e a Nota de Faturamento
    Essas Notas não se relacionam dentro do SIGAFAT, salvo quando o processo é realizado pela Rotina Contrato de Parceria - FATA400: Relacionamento entre a Nota de Remessa e a Nota de Venda (Ex. Venda para Entrega Futura)

  • Cliente de Entrega diferente
    Quando o cliente de Entrega é diferente, é necessário registrar no Pedido de Vendas os campos C5_CLIENTE (que é o Cliente da Venda) e C5_CLIENT (que é o Cliente de Entrega).

    No Pedido de Vendas há os campos C5_CLIENTE (que é o Cliente da Venda) e C5_CLIENT (que é o Cliente de Entrega).

    - O título (quando configurado para gerar no TES) é gerado para o Cliente da Venda C5_CLIENTE
    - A Tributação (quando configurado para gerar no TES) é gerada para o cliente de Entrega C5_CLIENT
    - É levado o Cliente da Venda C5_CLIENTE no destinatário na tag dest ; e, o cliente de Entrega C5_CLIENT na tag entrega.
    - É levado o Cliente de entrega no DANFE quando o cliente da Venda e da Entrega são de estados diferentes (obs: neste caso é possível mencionar no campo C5_MENNOTA o cliente da Venda também, para que seja mencionado nos dados complementares do Danfe)

 

  • Nota de remessa de comodato: Para emitir uma nota de comodato, o que geralmente caracteriza por  um empréstimo de produto ou bem a terceiros.  Se o cliente é quem está emprestando, o processo que deverá ser efetuado:
    • pedido do tipo N- normal;
    • TES que controla poder de terceiros remessa, movimentação de estoque igual a sim e não gera financeiro;
    • O retorno do bem se dará através de uma nota de entrada do tipo B- benficiamento;
      •  O TES deverá controlar poder de terceiros devolução, movimentação de estoque igual a sim e não gerar financeiro.
    • Em caso de cobrança do tempo do empréstimo, deverá emitir um pedido do tipo Normal;
      • TES que não controla poder de terceiros, não movimenta estoque e só movimenta financeiro.  Mais detalhes e exemplos do processo, acesse a FAQ de Poder DE/EM Terceiro, aba empréstimos.

Saiba Mais: Poder DE/EM Terceiro

 

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 0

0 Comentários

Por favor, entre para comentar.
X Fechar

Olá ,

Há pendência referente a um de seus produtos contratados para a empresa ().

Entre em contato com o Centro de Serviços TOTVS para tratativa.

Ligue! 4003-0015 opção 4 e 9 ou registre uma solicitação para CST – Cobrança – Verificação de pendências financeiras . clique aqui.

TOTVS

X Fechar

Olá ,

Seu contato não está cadastrado no Portal do Cliente como um perfil autorizado a solicitar consultoria telefônica.

Por gentileza, acione o administrador do Portal de sua empresa para: (1)configurar o seu acesso ou (2)buscar um perfil autorizado para registro desse atendimento.

Em caso de dúvidas sobre a identificação do contato administrador do Portal, ligue (11) 4003-0015, opção 7 e, em seguida, opção 4 para buscar o suporte com o time de Assessoria ao Portal do Cliente. . clique aqui.

TOTVS

X Fechar

Olá ,

Para o atendimento de "Consultoria Telefônica" você deverá estar de acordo com o Faturamento.

TOTVS

X Fechar

Olá,

Algo inesperado ocorreu, e o usuario nao foi reconhecido ou você nao se encontra logado

Por favor realize um novo login

Em caso de dúvidas, entre em contato com o administrador do Portal de Clientes de sua empresa para verificação do seu usuário, ou Centro de Serviços TOTVS.

Ligue! 4003-0015 opção 4 e 9 ou registre uma solicitação para CST – Cadastros . clique aqui.

TOTVS

Chat _

Preencha os campos abaixo para iniciar o atendimento:

Chat _