FAQs - Suporte técnico

RM - CTE - Como realizar a emissão do CT-e (Conhecimento de Transporte Eletrônico)

Dúvida
O CT-e trata-se de um documento que, assim como a NFe, é emitido e armazenado digitalmente. O principal objetivo do Conhecimento de Transporte Eletrônico é permitir que seja documentado, para fins fiscais, a prestação do serviço de transporte de cargas, seja ela feita por qualquer um dos modais: rodoviário, aéreo, ferroviário, aquaviário ou dutoviário.

 

Ambiente
RM – Nota Fiscal Eletrônica – A partir da versão 11.52

 

Solução
1.
Para executar corretamente os processos do MDF-e é necessário que seja efetuada a parametrização da Filial:

 

Parâmetros por Filial

  • Etapa “Conexão NF-e”

Marque a Filial que será parametrizada e clique no botão Parametrizar.

Será aberto uma nova janela com os Parâmetros da NF-e e deverá ser configurado conforme passos abaixo.

 

  • Etapa “Ambiente CT-e”

No campo “Ambiente de envio” deve ser selecionado Homologação (Ambiente de teste) ou Produção.

No campo “Modalidade de Operação” deve ser selecionado a modalidade que os Conhecimentos de Transporte eletrônico serão emitidas (Normal ou Contingência Offline FS-DA, Contingência SVC - RS ou Contingência SVC - SP).

Nos campos de "Versões de Layout Utilizados" deve ser informado a versão atual, atualmente é "3.00".

 

 

  • Etapa “Certificação Digital 2/2”

No campo “Tipo do Certificado Digital:” Selecione o tipo que será utilizado.
No campo “Certificado Digital:” Clique em  e Localize o arquivo do certificado Digital.

Avance até a última etapa e Salve os Parâmetros.

 

2. Após a parametrização da Filial, será necessário parametrizar o tipo de Movimento para emissão do MDF-e:

 Acesse o RM Nucleus no seguinte menu: Ambiente | Parâmetros | Gestão de Estoque, Compras e Faturamento |Outras Movimentações/Vendas (dependendo da classificação do tipo movimento desejado) | Selecione o Tipo de movimento e clique em Parametrizar.

MDI: Ambiente | Parâmetros | Gestão de Estoque, Compras e Faturamento.

 

Observação:

Para emissão de CT-e é obrigatório que o código do tipo de movimento seja iniciado por 2.2.xx

 

Parâmetros do Movimento

  • Etapa Mov – Identificação:

Campo "máscara do número", deve ser parametrizado com 6 dígitos.
Campo "Série", deve ser informado a série estabelecida pela SEFAZ.

 

  • Etapa Mov - Emitente / Destinatário 1/2:

Campo "Emitente" deve ser igual a Empresa e o campo "Destinatário" deve ser igual a Cliente.

 

  • Etapa Mov - Datas 1/2:

Campo "Data Entrega" deve estar como Edita ou Mostra.

 

  • Etapa Mov - Transporte 1/3:

Marcar os "Flags" campo "Editar Transportadora 1", "Editar quantidade", "Editar Marcar", "Editar Via de Transporte" e "Editar Especie".

 

  • Mov – Transporte 3/3:

Marcar os "Flags " dos campos "Editar Peso Bruto" e "Editar Peso Liquido".

 

  • Item - Identificação 1/2 :

Campo "Tipo dos Itens", selecionar entre serviço, produto ou Ambos.

  

  • Fis - Natureza:

 Campo "Edição", definir como Edita ou Mostra.
Campo "Seleção Automática da Natureza", definir de acordo com a regra de negócio da empresa, selecionando por item ou movimento.

 

  • Fis - Escrituração 1/2:

Marcar o "Flag" Gerar Escrituração.
Campo "Tipo Documento Escrituração", selecionar tipo de documento cujo campo CODMODDOC = 57.

 

IMPORTANTE:
Para movimentos de CT-e, os tributos que irão compor o XML (normalmente ICMS e INSS) devem ser cadastrados no Movimento e não no Item.

 

  • Fis - Tributação - Movimento: Verificar regra de negócio da empresa.
     
  • Fis - Conhecimento de Transporte:

 Campo "Tipo de Operação do Conhecimento de de Transporte": Definir como "Emitir CT-e".
Campo "Modal": Definir a modalidade que será utilizada.
Campo "DACTE": informar o relatório default para impressão do DACTE.
Campo "Formato de Impressão", definir o formato que o relatório DACTE será impresso.

 

 

3. Após feita a parametrização, durante processo de criação do movimento que será utilizado, devem ser preenchidos alguns campos, que serão utilizados para a criação das tags do arquivo XML. São eles:

 

  • Filial:

Filial responsável pela emissão do CT-e. Emitente.

 

  • Cliente:

Não é levado para o xml ou Dacte. Deve ser preenchido para geração das demais rotinas, como por exemplo: financeiro.

 

  • Data emissão:

Responsável pelo preenchimento da tag <dhEmi>2015-10-19T00:00:00 no xml.

 

  • Data Entrega:

Responsável pelo preenchimento da tag <dPrev>2015-10-25.

 

  • Aba Integrações:

 

Fiscal

 

  • Código Natureza de Operação (CFOP):

Informar CFOP conforme manual de orientação.

 

  • Tipo de Documento:

O Código de Modelo do Documento deve ser 57.

 

  • Aba Transporte:

Identificação

 

  • Unidade de Medida:

Define a tag <cUnid> (código da unidade de medida) do grupo <infQ>.

 

  • Unidade de Medida:

Define a tag <cUnid> (código da unidade de medida) do grupo <infQ>.
Valores

   00 - Em volume(m3);
   01 - Em peso(kg);
   02 - Tonelada;
   03 - Unidade;
   04 - Caixa;
   05 - Pacote;
   06 - Em litro(l);
   07 - MMBTU

 

  • Tipo CT-e:

Define o tipo do CT-e, responsável pelo preenchimento da tag <tpCTe>.
Valores

0 - CT-e Normal;
1 - CT-e de Complemento de Valores;
2 - CT-e de Anulação;
3 - CT-e Substituto

 

  • Tipo do Serviço:

Define o tipo de serviço, responsável pelo preenchimento da tag <tpServ>.
Valores

0 - Normal;
1 - Subcontratação;
2 - Redespacho;
3 - Redespacho Intermediário;
4 - Serviço Vinculado a Multimodal

 

  • Dados do Tomador:

Define quem é o tomador de serviço, buscando os dados da opção selecionada, preenchendo a tag <toma> do grupo <toma03>. Quando selecionado as seguintes opções:
Valores

0 - Remetente;
1 - Expedidor;
2 - Recebedor;
3 - Destinatário;
4 - Outros

Quando selecionado a opção outros será apresentado os campos para preencher os dados do mesmo, sendo criado o grupo de informações <toma04>.

 

  • Quantidade:

Define a tag <qCarga> (quantidade de carga transportada) do grupo <infQ>.

 

  • Espécie:

Define a tag <tpMed> (Tipo da Medida) do grupo <infQ>.

Exemplos:
PESO BRUTO, PESO DECLARADO, PESO CUBADO, PESO AFERIDO, PESO BASE DE CÁLCULO, LITRAGEM, CAIXAS e etc.      

 

  • Valor Mercadorias:

Define a tag <vCarga> (valor da carga) do grupo <infCarga>. Caso o campo não seja preenchido o sistema irá preencher com 0,00 default.

 

Transportadora

 

  • Transportadora 1:

 Informar o código da transportadora.

 

  • Via de Transporte:

 Definir a via de transporte utilizada.

 

  • Associar Veículo:

informar um veículo através do botão 'Associar Veículo', ou preencher os campos Placa do Veículo e Estado.

Observação:

Caso o veículo seja associado através do botão, ele deverá estar cadastrado na base e ter alguns de seus campos preenchidos, que seriam: Placa, Renavam, Registro da ANTT (8 dígitos), Tipo do Proprietário do Veículo, Tipo do Veículo, Tipo de Rodado e Tipo de Carroceria. 

 

  • Placa: Define a tag <placa> (placa do veículo) do grupo <veic>.
  • Renavam: Define a tag <RENAVAM> (RENAVAM do veículo) do grupo <veic>.
  • Registro da ANTT: Define a tag <RNTRC> (Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Carga) do grupo <rodo>, deve possuir obrigatoriamente 8 dígitos.
  • Capacidade KG: Define a tag <capKG> (capacidade em KG) do gupo <veic>.
  • Capacidade M3: Define a tag <capM3> (capacidade em M3) do gupo <veic>.

 

  • Tipo Prop. Veículo:

Define a tag <tpProp> (tipo proprietário do veículo) do gupo <veic>.
Valores

0 – Tração;
1 – Reboque;

 

  • Tipo de Rodado:

Define a tag <tpRod> (tipo de rodado) do gupo <veic>.
Valores

00 – Não aplicável;
01 – Truck;
02 – Toco;
03 – Cavalo Mecânico;
04 – VAN;
05 – Utilitários;
06 – Outros;

 

  • Tipo de Carroceria:

Define a tag <tpCar> (tipo de carroceria) do gupo <veic>.
Valores

00 – Não aplicável;
01 – Aberta;
02 – Fechada/Baú;
03 – Granelera;
04 – Porta Container;
05 – Sider;

 

  • Aba CTRC:

 Remetente e Destinatário

 Remetente e Destinatário, informar o tipo de cada um deles e preencher os campos de Filial ou Cliente/Fornecedor, de acordo com a escolha.  

Observação:
Caso seja escolhida a opção Diversos, para um dos dois tipos, é habilitado o campo Observação do CT-e Globalizado, que tem um tamanho mínimo de 15 caracteres e máximo de 256.

 

 

Expedidor e Recebedor

 

  • Expedidor/Recebedor: não é obrigatório. Deve ser preenchido somente quando os endereços de entrega forem divergentes do endereço do remetente e/ou destinatário.

Informar o tipo de cada um deles e preencher os campos de Filial ou Cliente/Fornecedor, de acordo com a escolha.

 

Outros dados

Informar no mínimo um dos campos que fazem parte do grupo Composição do frete.



CTRC Saída

Informar os documentos que estão associados a este CT-e. Caso o documento seja uma Nota Fiscal (NF) e já esteja inserido na base, basta associá-lo através do botão , de outra forma, deve-se incluir manualmente o documento, preenchendo todos os dados pertinentes de acordo com o manual do contribuinte.

 

CT-e

Podem ser inclusos documentos anteriores que tem relação com este CT-e, somente se existirem, pois seu preenchimento não é obrigatório.

 

Itens, informar pelo menos um item (devido as consistências do sistema) que possua o tributo ICMS.

 

  • Aba Itens:

Itens

Informar pelo menos um item (devido as consistências do sistema) não é possível criar movimento sem item.

 

 

Tributos

Assim como a NF-e, a linha do ICMS é obrigatória, onde, o que vai definir sua tributação é a ST (situação tributária) definida na regra do ICMS.

O preenchimento da base se cálculo é necessário para fins de escrituração.

Salve o movimento e realize a transmissão do CT-e.


4. Após criar um movimento parametrizado, o usuário deverá entrar no seguinte caminho para efetuar o envio do MDF-e:

 

Menu Vendas > Faturamento > Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) >  Processos > Enviar Ct-e

 

 

5. Após realizar o envio do CT-e, será necessário realizar a consulta do mesmo:

 

Menu Vendas > Faturamento > Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) >  Processos > Enviar Ct-e > Consultar Autorização

 

 

Os registros de CT-e após enviados são processados na SEFAZ para obter autorização.

 

 

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 0

0 Comentários

Por favor, entre para comentar.
X Fechar

Olá ,

Há pendência referente a um de seus produtos contratados para a empresa ().

Entre em contato com o Centro de Serviços TOTVS para tratativa.

Ligue! 4003-0015 opção 4 e 9 ou registre uma solicitação para CST – Cobrança – Verificação de pendências financeiras . clique aqui.

TOTVS

X Fechar

Olá ,

Seu contato não está cadastrado no Portal do Cliente como um perfil autorizado a solicitar consultoria telefônica.

Por gentileza, acione o administrador do Portal de sua empresa para: (1)configurar o seu acesso ou (2)buscar um perfil autorizado para registro desse atendimento.

Em caso de dúvidas sobre a identificação do contato administrador do Portal, ligue (11) 4003-0015, opção 7 e, em seguida, opção 4 para buscar o suporte com o time de Assessoria ao Portal do Cliente. . clique aqui.

TOTVS

X Fechar

Olá ,

Para o atendimento de "Consultoria Telefônica" você deverá estar de acordo com o Faturamento.

TOTVS

X Fechar

Olá,

Algo inesperado ocorreu, e o usuario nao foi reconhecido ou você nao se encontra logado

Por favor realize um novo login

Em caso de dúvidas, entre em contato com o administrador do Portal de Clientes de sua empresa para verificação do seu usuário, ou Centro de Serviços TOTVS.

Ligue! 4003-0015 opção 4 e 9 ou registre uma solicitação para CST – Cadastros . clique aqui.

TOTVS

Chat _

Preencha os campos abaixo para iniciar o atendimento:

Chat _