FAQs - Suporte técnico

Cross Segmentos - Linha Datasul - FAS - PIS e COFINS sobre a Depreciação e controle Parcelado

time.png Tempo aproximado para leitura: 00:08:00 min

Dúvida
Como gerar o controle parcelado ou sobre a depreciação dos impostos PIS - Programa de Integração Social e COFINS - Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social?

Ambiente
Cross Segmentos - TOTVS Backoffice (Linha Datasul) – Ativo Fixo (FAS) – Versão 12

Solução
Os programas do módulo FAS - Ativo Fixo que disponibilizam tela de parametrizações dos impostos nos bens e incorporações são:

  • FAS734 - Manutenção Bens Imobilizados (prgfin/fas/fas734aa.r), botão Crédito Impostos;
  • FAS701 - Manutenção Bens (prgfin/fas/fas701aa.r), botão Créditos Impostos;
  • FAS715 - Manutenção Incorporações Bem Patrimonial (prgfin/fas/fas715aa.r), botão Crédito Impostos.

Os relatórios disponíveis para controle dos cálculos são:

  • FAS365 - Relatório Créditos PIS/COFINS/CSLL (prgfin/fas/fas365aa.r);
  • FAS364 - Relatório Bens que utilizam Créd. PIS/COFINS/CSLL (prgfin/fas/fas364aa.r);

A - Controle do PIS e COFINS sobre a Depreciação, detalhe de parametrização:

A1. Na tela de Crédito de Impostos, marcar somente os parâmetros: Credita PIS e Credita COFINS;

1.jpg

A2. O percentual de PIS e COFINS aplicado sobre a depreciação mensal, é parametrizado no programa FAS705 - Contabilização Bem Patrimonial (prgfin/fas/fas705aa.r), botão Executar Lista, na tela Executa Contabilização Bens Patrimoniais. Os valores sugeridos são 1,65 para o PIS e 7,60 para o COFINS. O Sistema permite alteração;

2.png

A3. A contabilização ocorre a partir da parametrização das Finalidades Contábeis PIS e COFINS definidas no programa FAS712 - Parâmetros de Contabilização Ativo Fixo (prgfin/fas/fas712aa.r). Para Conta Contábil CR, definir conta de despesa ou resultado e Conta Contábil DB, informar conta do ativo.

Conta Contábil CR pode ter ou não critério de distribuição por centro de custo.
Conta Contábil DB não contabiliza com centro de custo.

2.JPG

3.JPG

Quando o controle do PIS e COFINS é sobre a Depreciação, a imobilização do Bem no Ativo Fixo é pelo valor bruto e nos cálculos mensais apenas contabiliza o PIS e COFINS sobre a Depreciação. Enquanto houver cálculo de Depreciação, os créditos serão gerados.

A4. Para correta geração do arquivo SPED Contribuições - Sistema Público de Escrituração Digital, também é necessário que as alíquotas de PIS e COFINS estejam parametrizadas no cadastro FAS016 - Identificação Bem Ativo Imobilizado (prgfin/fas/fas016aa.r). O programa permite realizar a parametrização por conta patrimonial e também definir parametrização exclusiva para os bens que tenham alíquota diferente dentro da conta patrimonial.

fgl016aliquota.jpg


B -
 Controle do PIS e COFINS de forma Parcelada, detalhes de parametrização:

B1. Na tela de Crédito de Impostos, além das opções Credita PIS e Credita COFINS, deve informar Nro de Parcelas limitado a 99Valores do Crédito e Valores Base PIS COFINS;

4.JPG

B2. A Contabilização ocorre a partir da parametrização das Finalidades Contábeis PIS e COFINS definidas no programa FAS712 - Parâmetros de Contabilização Ativo Fixo (prgfin/fas/fas712aa.r). No controle parcelado, ocorre também a contabilização da Parcela Total no cálculo da primeira parcela calculada para o Bem, além da Parcela Mês. Mensalmente cada parcela abate o valor do total do imposto. Orienta-se portanto a imobilização do Bem pelo valor líquido, onde valor líquido = valor bruto menos PIS e menos COFINS.

Para atender o a regra de validação aplicada pelo programa de validação do arquivo Sped Contribuições, onde o programa utiliza o valor de aquisição e o Sistema utiliza os valores  dos campos Valor Crédito PIS e Valor Crédito COFINS, foram disponibilizados para parametrização os campos Valor Base PIS e Valor Base COFINS.

O valor a ser informado nos campos corresponde a fórmula:
Valor Base PIS = Valor Crédito PIS * 100 / alíquota do imposto
Valor Base COFINS = Valor Crédito COFINS * 100 / alíquota do imposto

Exemplo:
165 * 100 / 1,65 = Valor Base PIS 10.000
760 * 100 / 7,6 = Valor Base COFINS 10.000

Detalhes da contabilização:
- Parcela Mês débito PIS e COFINS = conta redutora de Débito da respectiva Finalidade Contábil.
- Parcela Mês crédito PIS e COFINS = conta Crédito informada na respectiva Finalidade Contábil.

9.JPG3.JPG

- Parcela Total PIS Débito: utiliza a Conta Contábil CR, da Finalidade Contábil PIS;
- Parcela Total PIS a Crédito: utiliza a Conta Contábil CR, conforme implantação do Bem, podendo utilizar as Finalidades ContábeisImplantação Aquisição, Implantação Imobilizado, Reclassificação e Desmembramento.
- Parcela Total COFINS Débito: utiliza a Conta Contábil CR, da Finalidade Contábil COFINS;
- Parcela Total COFINS a Crédito: utiliza a Conta Contábil CR, conforme implantação do Bem, podendo utilizar as Finalidades ContábeisImplantação Aquisição, Implantação Imobilizado, Reclassificação e Desmembramento.

Tela exemplo considerando a Finalidade Contábil PIS, o mesmo conceito se aplica ao controle do COFINS;

fas712-pis-cofins-parcela_total.jpg

B3. Controle vinculado a movimento de Baixa do Bem:
Ocorre geração de parcela do Bem baixado até o período posterior a data da baixa. Por esse motivo os cálculos das parcelas devem ocorrer em todos os períodos após implantação do controle nos bens.

Exemplo:
Bem baixado em 05/2019, as parcelas são geradas normalmente até o período 05/2019 e no período 06/2019 é gerada a apropriação contábil da parcela de Baixa COFINS e Baixa PIS;

B4.
 O Sistema permite o controle Parcelado a partir de 01/08/2004, ou seja, os bens devem ser parametrizados para utilizar este crédito a partir desta data;

B5. O controle dos créditos parcelados é efetuado pelo programa FAS009 - Manutenção Parcelas Créditos PIS/COFINS (prgfin/fas/fas009aa.r):

fas009-a.jpg

Função Cálculo:

fas009-b.png

No conjunto Parâmetros e Seleção, informar os dados para a geração das parcelas.

Na opção Gera Não Contábil, quando a mesma for assinalada, determina que não devem ser criadas apropriações contábeis para as parcelas geradas. O controle de contabilizar ou não as parcelas é visualizado na coluna Contábil.

Após parametrização, a opção Imprime executa o processo de geração das parcelas. As parcelas geradas pelos cálculos mensais são identificadas por número sequencial de cada parcela: 001,002,003,etc

fas009-c.jpg

Função Movimentos permite modificar, eliminar ou detalhar as parcelas de PIS e COFINS geradas para o período selecionado.

A opção Modifica
é habilitada quando o registro selecionado na tela Parcelas Crédito PIS/COFINS for parcela definida como Não Contábil e única parcela calculada para o Bem.

Através da opção Aprop Ctbl, é possível consultar as apropriações contábeis geradas para o Bem e parcela selecionada. Habilitado quando a coluna Contábil tiver a informação Sim.

fas009-d.jpg

Função Contabiliza determina a integração com a contabilidade das apropriações da faixa informada conjunto Seleção e referente ao período no conjunto Parâmetros. A data dos lançamentos contábeis, o Sistema utiliza a data fim do período de contabilização, do cenário contábil parametrizado como Fiscal da empresa do Bem. No processo de contabilização, a opção Marca Não Ctbzdo, determina que as apropriações contábeis devem ser marcadas como Não Contabilizadas.

Quando o cálculo está relacionado a baixa de Bem a parcela é identificada com a sequência 999. Se  determinado Bem apresentar parcela 999, demonstra que será contabilizado o valor restante que não chegou a ser creditado através dos cálculos das parcelas anteriores.

fas009-f.jpg

Somente as parcelas contabilizadas são consideradas para a geração do arquivo SPED Contribuições.

Saiba mais
Mais informações poderão ser acessadas nos link's abaixo:
Cross Segmentos - Linha Datasul - FAS - PIS e COFINS com parcelas não contábeis
Cross Segmentos - Linha Datasul - FAS - Cancelar a contabilização das parcelas PIS e COFINS

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 0

0 Comentários

Por favor, entre para comentar.
X Fechar

Olá ,

Há pendência referente a um de seus produtos contratados para a empresa ().

Entre em contato com o Centro de Serviços TOTVS para tratativa.

Ligue! 4003-0015 opção 4 e 9 ou registre uma solicitação para CST – Cobrança – Verificação de pendências financeiras . clique aqui.

TOTVS

X Fechar

Olá ,

Seu contato não está cadastrado no Portal do Cliente como um perfil autorizado a solicitar consultoria telefônica.

Por gentileza, acione o administrador do Portal de sua empresa para: (1)configurar o seu acesso ou (2)buscar um perfil autorizado para registro desse atendimento.

Em caso de dúvidas sobre a identificação do contato administrador do Portal, ligue (11) 4003-0015, opção 7 e, em seguida, opção 4 para buscar o suporte com o time de Assessoria ao Portal do Cliente. . clique aqui.

TOTVS

X Fechar

Olá ,

Para o atendimento de "Consultoria Telefônica" você deverá estar de acordo com o Faturamento.

TOTVS

X Fechar

Olá,

Algo inesperado ocorreu, e o usuario nao foi reconhecido ou você nao se encontra logado

Por favor realize um novo login

Em caso de dúvidas, entre em contato com o administrador do Portal de Clientes de sua empresa para verificação do seu usuário, ou Centro de Serviços TOTVS.

Ligue! 4003-0015 opção 4 e 9 ou registre uma solicitação para CST – Cadastros . clique aqui.

TOTVS

Chat _

Preencha os campos abaixo para iniciar o atendimento:

Chat _